Percebendo as novas exigências dos consumidores, no ano de 2008 a empresa investiu em um laboratório de alta precisão e tecnologia, tornando-se a única ótica com laboratório próprio, e o melhor, sediado em Campo Largo.

 

Atendendo clientes em todos os segmentos do mercado óptico, desde consumidores finais oferecendo consultoria, avaliação, orientação e acompanhamento nas reconsultas até o mercado empresarial, oferece soluções especializadas em serviços, vendas de lentes e óculos de segurança.

 

O laboratório presta serviços de surfaçagem de lentes e montagem de óculos para a própria empresa, cooperando assim com a rapidez no atendimento a clientes, facilita o treinamento técnico dos funcionários, podendo deste modo fabricar um óculos em até duas horas;

 

Para garantir a qualidade dos produtos que comercializa, busca fortes parcerias com empresas de renome internacional no segmento de lentes tais como:

   - Grupo Hoya, empresa Japonesa fabricante das linhas Hoyalux, Ultrax entre outras;

   - Grupo Essilor, fabricante das lentes Varilux e Crizal,

   - Grupo Segment,

   - Grupo Macprado entre outros.

Na linha de solares e armações, as parcerias são com grifes nacionais e internacionais como:

- Ana Hickmann

- Atitude

- Atitude MMA

- Bulget

- Colcci

- Mormaii

- Pierre Cardin

- Ray Ban

- Speedo

- T-Charge

- Thema

- Valmasoi

- Vogue

Conheça o processo de funcionamento do laboratório

Laboratório

Veja quais procedimentos são efetuados durante o processo de produção das lentes. Selecione as abas com os números e veja a descrição de cada etapa.

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

PREPARAÇÃO

1

Primeiramente são lançados no sistema os dados da sua receita oftálmica, armação e lentes

Os cálculos são efetuados com o que há de melhor em tecnologia de software para laboratórios óticos, assegurando a precisão na confecção das lentes

FITAGEM

2

A parte da lente que não será usinada é protegida

BLOCAGEM

3

Seleciona-se a chapa para blocagem da lente

SELEÇÃO DE MOLDE

4

Faz-se a seleção do molde de acordo com os cálculos efetuados pelo software do laboratório

PREPARAÇÃO
DO MOLDE

5

Colagem das lixas para desbaste

GERAÇÃO DE CURVA

6

O gerador de curvas cortará a lente conforme a curva calculada pelo software

PRIMEIRA LIXA

7

É passada uma lixa de grana mais grossa para a eliminação dos riscos deixados pelo gerador de curvas

SEGUNDA LIXA

8

A segunda lixa, com grana mais fina, prepara a lente para o polimento

POLIMENTO

9

É feito o polimento para retirada de todos os riscos e obtenção de uma perfeita transparência das lentes

CONFERÊNCIA

10

Conferência da surfaçagem

PREPARAÇÃO

PARA MONTAGEM

11

A armação é ajustada e as lentes são retiradas

CÓPIA DO MODELO

12

É copiado o modelo da lente para corte das novas no formato da armação

CENTRALIZAÇÃO

DE LENTE

13

As lentes são centralizadas conforme as medidas do cliente

BLOCAGEM

PARA CORTE

14

As lentes são coladas em ventosa para o corte

PREPARAÇÃO
DE CORTE

15

A máquina é programada para executar o corte

CORTE DE LENTE

16

A lente é cortada no formato da armação

LEITURA DO DIÂMETRO

17

A máquina confere a lente para verificar se a mesma se encontra com o formato e diâmetro corretos

ACABAMENTO

18

É feito acabamento na lente para um melhor encaixe na armação

CONFERÊNCIA FINAL

19

O óculos é conferido para verificar se o grau e todas as medidas estão corretas

Rua Rui Barbosa 1050 - Centro - Campo Largo - PR    |    41 3032.3155

Horário de Atendimento:

Seg. à sexta   das 8:00 às 18:30

Sábados         das 8:00 às 13:00